sábado, 3 de janeiro de 2009

Contentamento independente

O Desafio do Cristão é ser alegre mesmo em dias escuros, dias que são mais parecidos com noites, noites que duram até meses, meses de duvidas, duvidas antigas, respostas que não temos, assim é difícil ter estampado no rosto um sorriso verdadeiro.


Sempre quando eu penso na alegria mesmo em cincustancia difíceis eu lembro-me de Paulo, e fico imaginando...

Quando Paulo estava no fundo de uma prisão escura e úmida, amarrado ao tronco e com as costas feridas por uma quarentena de açoites, então ele chama seu amigo Tércio e diz eu vou ditar uma carta para você escrever para nossos irmão em Filipos.

Começa então a ditar a cerca de varias coisas, de repente ele fala: Tércio diga para nossos irmãos lá... regozijar no Senhor, Tércio deve ter feito uma cara de espantado e diz como pode isso Paulo, você esta preso, sofrendo injurias e ameaças de morte e fala pra eu escrever para eles regozijarem no Senhor, ai Paulo olha para ele e diz, já que você disse isso, escreve 2 vezes para eles regozijarem no Senhor, ai ele escreveu " Regozijai-vos no Senhor, outra vez vos digo regozijai-vos. Filipenses 4.4."
Ou seja Paulo sofrendo tudo isso era capaz de andar feliz independente das cincustancia, pois a felicidade verdadeira não dependente de tudo nem de ninguém mais dependente de comunhão com Deus..

A carta de Filipenses é considerada a mais "alegre" carta do Novo Testamento. Do início ao final a alegria é a nota dominante e o mais intrigante é que é uma das cartas em prisão.

Como explicar Jesus, sabendo que nas próximas horas seria traído e sai do senáculo cantando um hino, e os nosso irmãos em Roma que caminhavam para as arenas ( Coliseu ) prontos a serem comido por feras e mesmo entrando lá com seus filhos eram capaz de pisar a areia louvando a Deus.


Sei que nossa espiritualidade ainda não chegou a esse nivel mais quando a menssagem da esperança do porvir subirem em nossos pulpitos outra vez como em decadas passadas, com certeza vamos estar mais preparados para sorrir em dias que são noites.

Alan C. Corrêa

2 comentários:

Carol Correa disse...

muito bom!!! Uma reflexao que nos faz repensar como temos vivido nossos dias...
Bjus
Carol

Junior disse...

Graça e Paz Alan!

Parabéns pelo Blog. Agradeço sua visita e comentário. Seja sempre bem-vindo ao Reflexões do Reino. Nosso humilde blog está sempre de portas abertas p/ o Lei do Sentido Comum.

No amor de Cristo,
Junior